Parceiros:

Manaus Hoteis

 

 

Parceiros:

 

 

 

 

 

1o Dia da TAC 2014

18/03/2014 TAC 2014 - Primeiro dia da expedição (Fotos: Participantes da TAC).


 

Relato por Sérgio Holanda: Nossa previsão de saída era dia 17/03, segunda-feira logo cedo, mas devido a problemas nos veículos que enfrentaram a 319 ficou adiado para o dia seguinte. Para não ficar parado muito tempo o pessoal de Novo Hamburgo – RS que havia chegado antes à Manaus seguiu para Boa Vista e Santa Elena (Venezuela), onde nos esperaria. A segunda-feira foi corrida, muitas coisas para se resolver e o carro de Meia (Matheus Cardoso) ficou pronto já era mais de meia noite, aqui uma grande ressalva na garra e prestabilidade de Sena, sócio da Dakar Auto Center, em consertar e deixar a L200 pronta para a Expedição, afinal abrir e fechar um motor em dois dias foi corrido, além das revisões gerais.

Saímos meio atrasados. O pessoal de Pelotas perdeu a hora e atrasaram um pouco a saída do comboio. Seguimos em direção a Santa Elena na Venezuela, nosso objetivo era chegar a Serra do Sol e tínhamos 1.000km pela frente. Comboio reunido, brincadeira de sempre e seguimos em frente, tínhamos um longo caminho a percorrer, uma grande e perigosa aventura.

Perigos na Serra do Sol: Ano passado meu amigo Cleomano, pernambucano de Serra Telhada e que vive em Manaus desde 2007, amante do Off Road e aventureiro, havia me contato das maravilhas que era Serra do Sol para nós Off Roads e amantes de aventura. Além dele o Claudionor Junior e outros aventureiros de Manaus haviam falado de como era fantástica a trilha para Serra do Sol, mas também  de como é perigosa e que já havia vitimado pessoas em suas enumeras armadilhas, além de ter destruído muitos veículos. Toda aquela conversa me deixava mais fascinado pelo trajeto, pela aventura, esta precisava estar em meu currículo, por isso escolhi Serra do Sol como principal aventura da TAC 2014, diferente da lama que estamos acostumados, mas de tamanha grandeza e grande dificuldade técnica.

No final da tarde chegamos a Boa Vista, comboio de onze veículos, com deslocamento médio de 77,9kmh, uma boa média para veículos pesados e com pneus de lama, eu mesmo resolvi testar a resistência dos pneus remolds que estava usando e segui pelo asfalto com eles.  Porem antes de chegar a Boa Vista tive um irritante incidente, abasteci em um posto na estrada e o diesel danificou o rendimento das três Hilux, incluindo a minha, potencia baixa, não passava de 80km/h isso puxando em marcha baixa, uma preocupação quanto a Serra do Sol, aliás mais uma preocupação.

Em Boa Vista fomos recepcionados por amigos offroads da cidade, batemos um papo, foco sempre como deveríamos nos comportar em Serra do Sol e na Venezuela, afinal iriamos entrar em um Parque Nacional, isso mesmo! Estávamos agindo contra a Lei, visto que a reserva no Brasil é proibida de ser visitada e na Venezuela idem, porém lá é mais fácil burlar a fiscalização a adentrar na reserva, me desculpem a imprudência e irresponsabilidade, mas valeu cada minuto de medo de sermos presos pela Guarda Nacional Venezuelanos, ainda mais com o País em conflito.  A vida é uma grande aventura!

 

Apoio:

Diversom

 

 

 

 

Parceiros:

 

 


 

 

 


Últimas Notícias

Momentos TAC4x4

Loading images
loading
TAC200801 TAC200802 TAC201001 TAC201101 TAC201102 TAC201103 TAC201104 TAC201201

Desenvolvido por David Marcelino Solucoes em Internet.